No próximo dia 30/7 ocorre em SP, no fórum trabalhista Ruy Barbosa, leilão de imóvel da Brastubo, empresa que já foi a maior fabricante de tubos de aço e plástico para saneamento básico, e encerrou as suas atividades há alguns anos.

A empresa ainda não conseguiu saldar uma boa parte de seu passivo trabalhista. Recentemente, em um dos processos, foi designado pelo juízo da 63ª vara do Trabalho de SP leilão cujo lance mínimo de arrematação foi fixado em 50% do valor avaliado (a avaliação foi de R$16,8 milhões).

Trata-se de uma edificação onde operava uma fábrica da Brastubo, perto do porto de Santos. O imóvel, que está desocupado, é servido por rodovia e ferrovia, além de possuir uma saída fluvial aos fundos, com ligação para o mar.

Conforme a decisão judicial, a hasta pública se dará simultaneamente nas modalidades eletrônica e presencial. Quem pretender arrematar deverá garantir o lance com o sinal de 30% do seu valor. O direito de preferência e a aquisição parcial dos lotes só será possível na modalidade presencial.

  • Processo: 0002551-88.2014.5.02.0063

 

Fonte: Migalhas



Advocacia Pereira - 2015 © Todos os direitos reservados.