Os imóveis retomados pelo banco são casas, apartamentos, salas comerciais e terrenos, em onze estados

São Paulo – Até 28 de setembro, a Sold Leilões realiza três leilões de 143 imóveis do Santander, com preços até 62% abaixo do valor de mercado. Os imóveis retomados pelo banco são casasapartamentos, salas comerciais e terrenos, ocupados e desocupados.

A oferta de leilões de imóveis aumentou no Brasil, devido ao crescimento da inadimplência nos últimos anos. Com a crise econômica, muita gente que estava pagando o financiamento imobiliário perdeu o emprego, não conseguiu mais honrar com as prestações e teve o imóvel retomado pelo banco extrajudicialmente.

Nos leilões dos imóveis do Santander, os lances iniciais variam de 73.800 reais a 3,5 milhões de reais. Há propriedades em onze estados: São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Pernambuco, Pará, Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo e Amazonas.

Em Florianópolis (SC), no bairro Ingleses do Rio Vermelho, o destaque é um apartamento de 119 metros quadrados, cujo valor inicial é de 386 mil reais. O preço é 25% abaixo do valor de mercado.

Em Campos do Jordão (SP). no bairro Vila Inglesa, o destaque é uma casa de dois dormitórios em um terreno de 364 metros quadrados, cujo valor inicial é de 157 mil reais. O preço é 42% abaixo do valor de mercado.

Os imóveis desocupados podem ser visitados mediante agendamento. Os imóveis estão com débitos de condomínio e IPTU quitados e podem ser financiados no Santander em até 420 meses.

Para participar do leilão, é preciso se cadastrar no site da Sold e ofertar lances no leilão de interesse. Quem der o maior lance leva a oferta nos dias marcados para o encerramento dos três leilões: hoje (17), 24 de setembro e 28 de setembro.

 

Fonte: EXAME



Advocacia Pereira - 2015 © Todos os direitos reservados.